segunda-feira, 31 de maio de 2010

O projeto H2horas

Era uma vez um cronopiano. Era uma vez vários cronopianos. O cronopiano-chefe tinha uma fábrica de ideias na sua cachola. Sua cachola era como cartola de mágico de onde saltam coelhos, pombos, periquitos, papagaios, etc. O cronopiano-chefe uma vez pediu aos cronopianos amigos que falassem sobre o tempo em brevidades. E foi assim que surgiu o H2Horas, texto publicado na casa Cronópios. Mas não parou aí. O cronopiano-mor pegou os textos e transformou num filme, onde tudo se movimenta o tempo todo. O filme fez um sucesso danado e foi daí que outro cronopiano que coordenava o Dulcineia Catadora (projeto que ensina arte a catadores de lixo, fazendo capas de livros personalizadas com papelão) teve a ideia de pegar o texto que virou filme e transformar em livro.
Era uma vez um texto que virou filme que virou livro-DVD e que será lançado na Casa das Rosas, Av. Paulista, São Paulo, na terça-feira. Parabéns ao Pipol, aos cronopianos e ao pessoal do Dulcineia Catadora por esse projeto multimídia e multicorpo.

Leia mais sobre o projeto H2horas aqui e sobre o Dulci´neia Catadora aqui.

3 comentários:

Ana Tapadas disse...

Parabéns à iniciativa.
Adoro a forma como escreves.
Beijo

Gerana Damulakis disse...

Que bacana, C. Parabéns!

Renata Luciana disse...

Globo Mar, programa que não conheço vai apresentar a Ilha. A do teu projeto. 'Globo Mar navela pelas reentrâncias maranhenses'.
Quinta-feira. Hoje!

beijos,